Linkedin

Diga SIM ao Mobile Marketing!

2 de maio de 2016

Quem se lembra do Mobilegeddon? Algoritmo de atualização utilizado pelo Google para eliminar progressivamente sites não responsivos, ou seja, não otimizados para dispositivos móveis? Essa medida, fez com que os resultados de busca orgânica sofressem um impacto considerável e beneficiasse os sites mobile friendly, que vem ocupando gradativamente posições de destaque na tão sonhada primeira página.

O ano passado foi marcado pelo boom do mobile marketing. Acompanhamos o crescimento do uso de aplicativos móveis através da ascensão dos smartphones e a procura cada vez maior por comodidade e praticidade que os celulares nos proporcionam. Não é de se espantar que o uso do mobile ultrapassou o uso do desktop em 2015 e isso fez surgir a necessidade, cada vez mais latente, das empresas se atualizarem e criarem estratégias de conteúdo voltadas para esse público. No entanto, nem todas as organizações se atentaram para essas tendências e vemos frequentemente, elas escorregarem pelo ralo da falta de inovação. Se seu negócio, empreendimento, companhia, ou seja lá qual for seu projeto, ainda não deu a devida atenção ao Mobile Marketing, você precisa repensar seriamente sobre o assunto.

Vou te dar algumas razões para isso. Segundo um estudo realizado ao longo do ano passado pela Nielsen IBOPE, o número de pessoas que utilizam smartphone com acesso à internet no Brasil chegou a 76,1 milhões no terceiro trimestre do mesmo ano. Esse ritmo representou mais de 1 milhão de pessoas por mês. De acordo com uma matéria publicada no site Message Mídia, a Comscore, uma das empresas mais importantes do segmento de estatística, realizou uma pesquisa em que constatou que “Atualmente, por volta de 80% dos usuários de internet fazem pesquisas usando seus smartphones e já são 9% as pesquisas feitas através de smartwatches (relógios inteligentes de diferentes marcas como Apple, Samsung, LG, Sony, etc.).” Esta mesma pesquisa mostrou que 1.5hs são gastas com TV, 1.6hs, 1.8hs e 2.1hs são dedicadas respectivamente aos PCs, dispositivos móveis e outros dispositivos. Com relação ao comportamento dos usuários e como essas horas são gastas, eles avaliaram que 55% são com vídeos, 78% dos usuários do Facebook acessam o aplicativo através de um dispositivo mobile e 50,3% do tráfego em sites de e-commerce pertencem ao mobile. Um outro dado que é importante destacar, é que 78% das buscas feitas em smartphones resultaram em compras locais e 64% destas, são via tablets. Para este ano, a previsão é de que 31 bilhões de dólares sejam gastos no e-commerce através de dispositivos móveis. Para 2017, a estatística continua animadora, pois espera-se que 24,4% das receitas de e-commerce sejam provenientes de dispositivos móveis.

mms-consulting

Já se sabe que, no mundo todo, existem mais telefones celulares do que televisões e que a maioria dos usuários, navega na internet enquanto assiste TV. Desde que esses dados se tornaram expressivos, milhões de dólares são gastos em publicidade para mobile. Portanto, empresas que saíram na frente com estratégias direcionadas para atingir essa parcela da sociedade, ganharam ponto a favor, pois já exploram esse mercado a mais tempo e todo o potencial que ele tem a oferecer. Sendo assim, as ações de marketing e a otimização de sites influem diretamente no seu tráfego de visitas, e consequentemente, no volume de negócios gerados pela internet, e portanto, tornam-se cruciais para a publicidade on-line. Por certo, os dispositivos móveis já fazem parte do nosso estilo de vida, estão presentes desde o café da manhã até o último suspiro de boa noite. É de fato inaceitável não considerar uma boa estratégia de inovação, sem pensar nos ganhos expressivos que o mobile marketing pode trazer para a sua organização. Em tempos de crise é preciso sair da zona de conforto e permitir se desafiar e percorrer novos caminhos. E posso te dizer, com toda a certeza, que um deles está pautado em como você utiliza os recursos disponíveis da tecnologia a seu favor e como seu cliente percebe isso e se relaciona com sua empresa.

É importante destacar que, o comportamento de consumo tem dado maior prioridade para empresas que utilizam as estratégias de mobile marketing e oferecem uma experiência de compra melhor para o seu cliente. Jay Altschuler (Diretor de inovação em mídia global, Unilever) em recente entrevista ao Google, disse a seguinte máxima: “Muitos de nossos consumidores, especialmente em mercados importantes em desenvolvimento e emergentes, interagirão primeiramente com nossas marcas através de uma experiência por mobile. 61% dos consumidores disseram que provavelmente não retornariam a um site não otimizado para mobile e 30% deles disseram que procurariam outro site se ficassem insatisfeitos com a experiência em um site para mobile. Sendo assim, um site para mobile é uma parte essencial de nosso mix de marketing.” Deu pra entender a diferença que o uso desse mecanismo pode trazer à uma organização que tem esse tipo de recurso já firmado como parte essencial de suas estratégias de marketing? Pois bem, lhe darei algumas dicas para que você possa extrair as melhores oportunidades de negócio no mobile.

Financial-sector-demands-digital-marketing-expertise

Behavioral Targeting

Com o desenvolvimento acelerado da tecnologia, direcionar esforços para um público-alvo tem sido um desafio constante e no Mobile Marketing isso não é diferente. Concentre suas ações para um nicho de mercado específico e trabalhe para gerar engajamento, para atingir o público certo, com a mensagem certa, no momento certo.

Foque na Fidelização

Manter um cliente, pode ser mais vantajoso do que conquistar um novo, e além disso mais barato. Com a penetração do Mobile, há uma preocupação maior em gerar engajamento e menos atenção à métricas. Adotar estratégias de retenção irá trazer maiores resultados a médio e longo prazo.

Invista na Capacitação de sua Equipe de Vendas

Estudos apontam que neste ano, a decisão de compra dos consumidores se tornará ainda mais complexa, o que já não é muita novidade. O tempo gasto por uma pessoa que tem uma intenção de compra mais específica, é cada vez mais heterogêneo, ou seja, ela gasta um tempo maior pesquisando e avaliando diversas empresas antes de tomar a decisão, e ter uma equipe de vendas preparada para essa realidade, é crucial.

Overdelivering

Esta é basicamente uma estratégia de entregar mais do que o seu cliente espera e oferecer uma experiência de compra única. Está diretamente ligada ao uso de dispositivos móveis, pois como vimos acima, o e-commerce tem crescido expressivamente no mercado mobile. Por exemplo, seu cliente procura seu site, compra um produto e espera que este chegue em 10 dias, porém o produto chega antes, em 2 dias, ou ele compra uma mercadoria e ganha de brinde um cupom de desconto. Isso é overdelivering.

Convergência de Canais

A integração dos canais de comunicação já é uma realidade e oferecer um atendimento Omnichannel para o seu cliente deve estar nos planos de ações da sua empresa, quando falamos em mobile. O consumidor hoje, quer fazer sua compra através de um dispositivo móvel, mas quer ter a possibilidade de retirar esse produto na loja. Ou da mesma forma, ele pode pesquisar determinada mercadoria em uma loja física, mas ter a possibilidade de efetivar a compra pela internet. Investir na integração de canais tanto para conversão de venda quanto para driblar uma crise provocada por uma reclamação de um consumidor em uma rede social, que foi mal atendido na loja física, pode e deve ser uma das prioridades de suas estratégias voltadas para o mobile.

Por isso, eu prevejo que uma das grandes tendências do mercado de Mobile Marketing, é começar a integrar alguns outros conceitos, algumas outras estratégias dentro desse segmento, e eu destaco aqui a utilização de aplicativos cada vez mais fortes e integrados, e-mails marketing responsivos, e também a aplicação de estratégias de Inbound Marketing que tem grande relevância, seguido do aumento do consumo de produtos pelo e-commerce através de dispositivos móveis, que consequentemente elevam as receitas de vendas. Logo, empresas que já utilizam e adotam esse conjunto de técnicas, ferramentas e estratégias, estão um passo à frente no mercado, pois acompanham e preveem todos esses fatores, dentro de qualquer campanha, dentro de qualquer organização, dentro de qualquer planejamento.

E a sua empresa? Já utiliza as estratégias de Mobile Marketing? Comente suas dicas, dúvidas e sugestões nos comentários. Compartilhe o conhecimento com seus amigos nas redes sociais!

Tags: , , , , ,

2 Comentários

  1. Allan Paixão disse:

    Muito relevante o artigo! Parabéns meu amigo!

Deixe o seu comentário





Artigos Populares
Site desenvolvido por J2B Digital