Linkedin

“O Jantar da Vingança”: O que minha marca tem a ver com isso?

4 de maio de 2016

Nos últimos dias, acompanhamos a repercussão da ação feita pelo Reclame Aqui, nas redes. Juntamente com a Agência Grey, que no Brasil há dois anos integra o Grupo Newcomm, e responde pela comunicação de alguns dos principais anunciantes do país, eles promoveram de “O Jantar da Vingança”. O Objetivo da campanha foi envolver os executivos das empresas com pior reputação no site. Parece que a receita deu certo. O vídeo já possui mais de 7,5 milhões de visualizações e mais de 200 mil curtidas na publicação. A Equipe de Marketing do Reclame Aqui, fez até uma transmissão ao vivo para falar tudo sobre a ação, inclusive para atestar a veracidade e tirar algumas dúvidas dos internautas.


Mas você deve estar se perguntando o porquê disso e o que essa ação trouxe de relevante para o mercado digital. Primeiro, posso te garantir que, de uma forma geral, os consumidores não estão atrás de uma “vingança”, eles querem ser bem atendidos, e segundo, isso tem tudo a ver com a importância que a sua empresa dá para o monitoramento das mídias sociais.

A internet tem sido uma das grandes responsáveis pela modificação de hábitos de consumo, comportamento social, transformação de processos de trabalho, acesso e compartilhamento de informações, formas de aprendizado e percepção da realidade e, atualmente, a ponte para essas conversões, são as famosas mídias sociais. Entender o que seu cliente quer, o que ele espera da sua marca, como ele se relaciona com ela, quais as intenções de compra, suas opiniões, podem ser facilmente compreendidas através do monitoramento.

Entender todas essas variáveis, não é um trabalho tão simples assim e precisa ser continuamente atualizado, já que nem o comportamento de consumo é fixo, ele sofre variações de determinadas formas e está em constante mutação. Esse é um dos grandes desafios das áreas de marketing de grandes empresas: provar a relevância do uso de dados extraídos das redes sociais e como eles podem ser utilizados em estratégias para alavancar os negócios. Algumas ainda não conseguiram entender que, a captação e transformação dessas referências em inteligência para o sucesso do seu produto, podem ser extraídas de forma muito mais escalável e ajudar a gerar insights para entender as preferências de consumo de seu público-alvo.

Um estudo recente da CMO Survey, aponta que, atualmente, as áreas de marketing, destinam uma verba de cerca de 10,6% para o social, mas a expectativa é que esse número atinja uma média de 20,9% em 5 anos, o que significa um aumento de aproximadamente 100%.

Screenshot_1

FONTE: CMO Survey

A expertise em monitoramento aliada ao conhecimento do seu negócio, pode trazer infinitas possibilidades de ações dentro desse contexto, como por exemplo, estudo de diagnóstico de marca, estudos netnográficos, acompanhamento e análise da concorrência de mercado, inovação em comunicação e produtos, entre tantas outras. A dica é transformar as informações em inteligência, para então gerar a ação. Com esse cenário, temos uma empresa muito mais preparada para acompanhar as mudanças e tomar decisões mais assertivas em um curto espaço de tempo, para conquistar a confiança do consumidor.

Muito mais do que mensurar dados e acompanhar as tendências, as organizações devem construir uma base sólida de relacionamento com seu cliente, pois hoje eles podem se tornar os embaixadores da sua marca. São eles que definem os padrões de consumo, são eles os responsáveis por reforçar a imagem e a boa reputação de uma empresa ou produto. Espontaneamente promovem e se sentem parte da sua causa. Possuem grande influência em sua rede de amigos e podem ou não recomendar seus serviços. Entender que a marca “pertence” mais ao seu cliente do que à sua empresa, é entender as necessidades desse indivíduo e rapidamente criar um novo conceito de produto para atendê-lo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Edelman, 78% dos consumidores consideram importante que a marca acompanhe e respondam seus clientes, porém acreditam que apenas 17% cumpram essa tarefa. Estar aberto às opiniões também é um fator importante, pois nem sempre uma campanha ou um serviço trará o retorno esperado, e isso pode ser percebido através da repercussão gerada em torno disso, e por certo, seu cliente não hesitará em divulgar para sua rede de amigos, através das mídias sociais, que determinada empresa não deu a devida atenção às suas expectativas.

Eavesdropping

O que a ação da empresa Reclame Aqui e o acompanhamento e análise das mídias sociais tem em comum é que, podemos perceber que, as pessoas se expressam no Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Youtube, Snapchat, com o intuito de expor seus desejos e intenções com determinada marca ou produto e buscam a compreensão disso de uma forma personalizada, e saber mensurar esses dados de forma correta e gerar engajamento positivo, converter essas impressões em oportunidades e estratégias, consequentemente trará um retorno melhor e mais palpável para a sua marca. Neste link, você encontrará 25 ferramentas para lhe ajudar no monitoramento em mídias sociais.

Se eu puder lhe dar um conselho, é basicamente esse: invista e aposte nos retornos que as mídias sociais podem trazer para a sua marca, produto ou serviço. Em pouco tempo você poderá prever cenários e antever ações para conquistar e trazer o seu público para mais perto de você e com isso dar um passo à frente nos caminhos da inovação.

Tags: , , , ,

2 Comentários

Deixe o seu comentário





Artigos Populares
Site desenvolvido por J2B Digital